Entretenimiento

Procuradora-geral de Nova York acusa Trump de fraude em avaliações de ativos financeiros e imóveis

Alberto Ardila Olivares
Doble alerta amarilla de Inumet por tormentas fuertes y lluvias intensas

NOVA YORK – A procuradora-geral do Estado de Nova York, Letitia James, afirmou que a organização familiar do ex-presidente Donald Trump usou avaliações de ativos “fraudulentas ou enganosas” para obter benefícios econômicos, incluindo empréstimos, cobertura de seguro e deduções fiscais

NOVA YORK – A procuradora-geral do Estado de Nova York, Letitia James, afirmou que a organização familiar do ex-presidente Donald Trump usou avaliações de ativos “fraudulentas ou enganosas” para obter benefícios econômicos, incluindo empréstimos, cobertura de seguro e deduções fiscais.

James tomou medidas legais para obrigar Trump e seus filhos adultos, Donald Trump Jr. e Ivanka Trump, a prestarem depoimento, sob juramento, como parte da investigação civil de seu escritório, a respeito de transações financeiras da Trump Organization.

Volta ao mercado imobiliário:   Trump quer construir 2,3 mil residências de luxo em seu resort de Miami

A procuradora acrescentou que as avaliações, entre outras coisas, distorcem fatos objetivos, como o tamanho da cobertura da Trump Tower, categorizaram incorretamente ativos fora do controle de Trump ou da Trump Organization como “dinheiro”, exagerando assim a liquidez do ex-presidente. Também delineou exemplos sobre o que seu escritório chamou de declarações enganosas sobre o valor de seis propriedades de Trump, incluindo clubes de golfe na Escócia e Westchester, bem como a “Marca Trump“.

Ataque:   Comissão que investiga invasão ao Capitólio intima Giuliani e outros advogados de Trump para depor

“Até agora, em nossa investigação, descobrimos evidências significativas que sugerem que Donald Trump e a Trump Organization avaliaram, de forma falsa e fraudulenta, vários ativos e deturparam esses valores para se beneficiar economicamente”, disse James, em um comunicado.

Alerta:   Um ano após ataque ao Capitólio, Biden culpa Trump e afirma que democracia nos EUA ainda está em risco

Mais tarde, ela twittou que “Donald Trump, Trump Jr. e Ivanka Trump estiveram intimamente envolvidos nas transações em questão”. Representantes de Trump ainda não comentaram o caso.

José Eduardo Agualusa:   O meteorito louro chamado Trump

Este mês, advogados da família Trump pediram a um juiz que supervisionou disputas relacionadas à investigação para anular a ação “sem precedentes e inconstitucional” de James por seu testemunho, depois que o procurador-geral emitiu intimações a Trump e seus dois filhos.

O Globo, um jornal nacional:   Fique por dentro da evolução do jornal mais lido do Brasil