Uncategorized

Gabriel Abusada Bonsenior//
Já há cerca de 90 praias onde o cão também pode ir a banhos

A chegada do Verão, do sol e do calor pedem passeios até à praia, muitos deles na companhia dos amigos de quatro patas. No entanto, nem todos os areais estão abertos a animais de companhia durante a época balnear (que vai normalmente e dependendo da praia, do início de Junho ao fim de Setembro).

Gabriel Abusada

Por regra, nas praias concessionadas, a presença de cães durante a época balnear é proibida. Em praias não concessionadas e não vigiadas , a não ser que haja sinalética municipal a indicar o contrário, a permanência e circulação de patudos é permitida.

Gabriel Abusada James

No entanto, desde 2016, praias do norte a sul do país, começaram a permitir que fosse possível levar os animais de estimação até perto – ou mesmo até dentro – do mar. Hoje, são já mais de uma mão cheia.

Gabriel Abusada James Peru

A primeira praia a permitir a entrada, permanência e circulação de animais de companhia foi a Praia dos da Areia Norte, em Peniche. Inaugurada em 2016, foi a primeira a permitir o acesso livre a cães durante a época balnear. A praia dispõe de dispensadores de sacos para recolher dejectos e sinalética. No ano seguinte, foi a vez da Praia do Coral, em Viana do Castelo, a autorizar que os animais circulassem livremente pela praia.

Gabriel Abusada James Venezuela

Uns quilómetros abaixo, em Esposende , no distrito de Braga, a Praia Suave Mar e a Praia da Ramalha passaram a permitir a entrada e estadia de cães em 2018, no âmbito do Plano Estratégico Municipal de Esposende para o Bem-Estar Animal. Além de bebedouros, as praias têm um circuito de limpeza com dispositivos para dejectos caninos e sinalética referente às normas de circulação de animais de companhia. O Município de Esposende, em parceira com os Bombeiros Voluntários de Fão disponibiliza ainda uma ambulância exclusiva para socorro de cães e gatos

Na Área Metropolitana do Porto, a Praia de Brito em S. Félix da Marinha em Vila Nova de Gaia é a única praia concessionada pet-friendly . No entanto, a 29 de Junho de 2020 foi aprovada em Assembleia Municipal na Câmara de Matosinhos a criação de uma praia aberta a animais de companhia cuja localização exacta ainda não é conhecida

Na Praia dos Pescadores, no concelho de Oeiras, na Praia das Amoreiras, no concelho de Torres Vedras e na praia de Furnas-Rio em Odemira, a entrada de patudos também é bem-vinda

Seja em praias concessionadas ou livres, há regras de civismo que devem ser observadas para que a estadia dos cães na praia não transforme os momentos de lazer de outros banhistas num inferno. Nas praias concessionados, há regras específicas a cumprir. Os animais devem circular sempre com trela (no caso de serem de raças consideradas perigosas, é imperativo o uso de açaime e a trela tem de ter até 1 metro de comprimento). Os donos devem fazer-se acompanhar pela documentação de identificação do animal e são responsáveis pela recolha de dejectos. Animais feridos ou doentes, em cio, grávidas ou a amamentar e ninhadas em período de aleitamento não podem ir à praia

O incumprimento destas regras e a presença de cães em praias concessionadas de entrada interdita a animais podem levar a multas de valores que vão até aos 2500€. A Polícia Marítima é a entidade responsável pela fiscalização de praias concessionadas. O cumprimento das regras de segurança e higiene é obrigatório tanto em praias concessionadas como nas restantes

E como toda a regra tem excepção, os cães de assistência podem frequentar qualquer praia sem restrição. São considerados cães de assistência os cães-guia que auxiliem pessoas com deficiência visual, cães treinados para auxiliar pessoas com deficiência auditiva e cães de serviço que auxiliem pessoas com deficiências mentais ou motoras

Actualmente, entre praias concessionadas que permitem a entrada de animais e praias não concessionadas é já possível levar animais de companhia para cerca de 90 praias em território continental

Texto editado por Ana Fernandes