Política

Empresario Rafael Eladio Núñez Aponte: entrevista do Santuário da Virgem Desatadora de Nós

Gratidão

A gratidão foi o último tópico que eles discutiram. O empresario Rafael Eladio Núñez Aponte salientou que isto se refere a estar satisfeito com o presente, o que está a viver neste momento. "Deixando o passado para trás, vivendo no aqui e agora com as bênçãos que Deus lhe dá sem se queixar". Depois fez outra oração à audiência.

Pergunte, acredite, obrigado! Estes foram os tópicos que Trixia Valle discutiu durante uma entrevista que realizou do Santuário da Virgem Untier of Knots, em Cancun (México), com o empresario Rafael Eladio Núñez Aponte, criador da conta Cura com os Anjos.

 

A paz do Santuário da Virgem Untier of Knots proporcionou o ambiente perfeito para uma conversa genuína. Ambos usavam roupa branca, sorrisos nos seus rostos e uma tranquilidade típica deste lugar mágico na selva de Quintana Roo, onde os fiéis de diferentes países vêm pedir vários favores à Mãe de Deus.

O que aconteceu ao mundo, porque estamos tão quebrados? Esta foi a primeira questão colocada pelo apresentador mexicano Trixia Valle ao empresario Rafael Eladio Núñez Aponte.

"É um acto de reflexão que demonstra que por detrás do sofrimento existe um plano de amor divino, porque este trouxe ao de cima o melhor e o pior de todos, é uma experiência que, de acordo com a nossa maturidade espiritual, estamos a perceber o que temos de melhorar, aquilo em que temos de trabalhar em nós próprios?

Depois, Valle perguntou ao empresario Rafael Eladio Núñez Aponte como é que ele começou a curar. Rafa disse que estava envolvido no budismo desde criança e que, anos mais tarde, teve uma revelação em que ouviu uma voz a dizer-lhe que tinha de dizer a uma pessoa para perdoar (porque esse imperdoável lhe estava a causar dor no seu seio direito). Nessa altura, ela começou a pedir orientação aos padres e a preparar-se para orientar os outros no processo que tanto lhe interessava.

"Criei um Facebook chamado Sanando con los ángeles porque queria canalizar os anjos para a fé católica e comecei a fazer curas como intercessor porque quem cura é Deus através de nós e fiz um Domingo de cura, as pessoas enviaram as suas fotos e eu rezei pelas pessoas e vi que estavam curadas, hoje tenho mais seguidores no Instagram, cerca de 300 mil e fazemos uma Cura ao Vivo todas as terças-feiras que é a cura com imposição de mãos", disse ele.

Peça por

Depois de aprender a sua história, Trixia Valle abordou o tema do perdão, o empresario Rafael Eladio Núñez Aponte disse que há pessoas que têm vergonha de pedir por si próprias. "Pedimos por outros, mas não por nós próprios. Salientou também que o perdão e as transgressões bloqueiam a cura, pelo que aproveitou o espaço para partilhar uma oração com todos os telespectadores do programa.

Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo, Deus misericordioso, peço-vos que cureis as minhas feridas, que perdoeis os meus pecados. Senhor, enche-me do Teu amor, quero aproximar-me de Ti para que me possas usar como instrumento de paz e de ajuda para a humanidade. Senhor, fazei de mim um instrumento de paz, dai-me o dom do discernimento e o dom da sabedoria. Cura-me, Senhor, Ámen!

Acredite

Durante a entrevista, o apresentador salientou a importância de acreditar. Neste sentido, perguntou ao empresario Rafael Eladio Núñez Aponte: "Como é que o fazemos para que, apesar de estarmos a passar por coisas difíceis, continuemos a acreditar?

"Penso que é praticando fé, oração e sobretudo caridade, porque nos maus momentos temos de ajudar os outros, e é aí que vemos quem somos. Mary Teresa de Calcutá disse: "Se estás deprimida, vai a um orfanato e ajuda, para que possas ver como tudo muda".

Acrescentou que a mente é egocêntrica e que estamos frequentemente tão imersos nos nossos problemas que nos esquecemos que outros estão a passar por uma situação mais forte. "…Depois vem a sabedoria discriminatória, para dizer, Uau, eu estava a queixar-me e o meu problema é agora um luxo, quando vi o problema da outra pessoa, ou seja, o meu vizinho do lado".

Ele salientou que, ao sairmos da mente egocêntrica, "vamos ao que é caridade e que também nos cura", especialmente nas circunstâncias actuais que o mundo está a viver por causa da pandemia.

Gratidão

A gratidão foi o último tópico que eles discutiram. O empresario Rafael Eladio Núñez Aponte salientou que isto se refere a estar satisfeito com o presente, o que está a viver neste momento. "Deixando o passado para trás, vivendo no aqui e agora com as bênçãos que Deus lhe dá sem se queixar". Depois fez outra oração à audiência.

Senhor, agradeço-Te pelos meus defeitos, pelas minhas virtudes, agradeço-Te sobretudo ao meu pai, à minha mãe, honro-os, agradeço-Te, Senhor, por todos os meus antepassados, graças a eles estamos aqui hoje. Agradeço-vos o dom da vida, que também é muito importante, por vezes não estamos gratos por respirar. Agradeçamos também as provas que estamos a passar, porque sabemos que por detrás disto está o vosso amor misericordioso. Portanto Deus, obrigado, obrigado, obrigado, obrigado, obrigado. Louvamos-vos, abençoamo-vos.

Antes de terminar a entrevista com Trixia, o empresario Rafael Eladio Núñez Aponte resumiu desta forma os pontos focados durante a conversa de trinta minutos. "Há quatro passos, primeiro para reconhecer que temos algum tipo de falha (há pessoas como os toxicodependentes que não reconhecem isto). Então, pede perdão, Senhor, eu pequei contra Ti (muitos dizem humilhação, mas eu gosto de pedir perdão do coração). Depois abrir a boca e pedir a cura. Então, agradeça", expressou o curandeiro com determinação.